Branding

Fachadas comerciais: conheça os materiais mais usados

Fachadas em ACM, lona, adesivo? Quais os materiais mais comuns para a comunicação externa de lojas? Quais materiais para fachadas comerciais devo escolher para o meu projeto?

Quando pensamos em padronização de franquias, revendas e outros tipos de redes com lojas físicas, ou até no projeto arquitetônico de uma nova loja, um dos principais pontos de atenção está relacionado à fachada do estabelecimento. Como será a comunicação externa que atrairá os clientes para dentro do meu negócio? Parece uma tarefa fácil. Basta pintar a frente da minha loja com uma cor chamativa, aplicar o meu logotipo, telefone, uma frase de efeito e pronto! Mas você sabe como fazer isso? O mercado oferece diversas soluções de materiais para fachadas comerciais, cada um com características bem particulares que devem ser avaliadas com muita cautela antes de iniciar qualquer obra.

A intenção desse artigo é apresentar alguns dos mais populares materiais utilizados nas fachadas de bancos, concessionárias, farmácias, redes de alimentos, clínicas, entre outros tipos de negócio, e deixá-lo mais seguro na hora de fazer qualquer escolha. Está pronto? Vamos listá-los agora.

Fachadas em ACM

O ACM é um dos materiais mais utilizados para confeccionar a comunicação externa de estabelecimentos comerciais, principalmente em projetos de franquias, distribuidores exclusivos e revendedores, por seu efeito estético e durabilidade. Abreviação da sigla em inglês Aluminum Composite Material, o ACM é composto por lâminas de alumínio e polietileno, que trazem um visual moderno e profissional aos projetos de fachadas comerciais. O investimento com ACM é maior se comparado aos demais materiais dessa lista por ser um item mais resistente e que exige mais trabalho na produção e instalação. Por isso, é necessário sempre avaliar a sua necessidade e o seu bolso antes de escolher o material. As principais vantagens do ACM são:

Durabilidade e resistência: Se comparadas a outros materiais como a lona, fachadas em ACM são muito mais resistentes ao desgaste proporcionado pelas intempéries, chegando a uma vida útil de aproximadamente 5 anos se nada fora do comum acontecer (dependendo da característica do projeto e material utilizado a vida útil do ACM pode até ser maior).

Versatilidade: O ACM pode ser fabricado em diversas cores, além de ser um material prático e fácil de manipular, conferindo inúmeras possibilidades criativas ao seu projeto.

Estética: Além de ser um material resistente às ações do tempo, o ACM por si só já se destaca por sua modernidade e aparência, além de funcionar muito bem com LED, texturas diferenciadas, letras-caixa e até com aplicação de adesivos. Outro detalhe importante é a facilidade na limpeza das fachadas em ACM, amenizando consideravelmente a dificuldade em deixar sua comunicação visual externa sempre brilhando e conservada.

Fachadas em lona

Muitos estabelecimentos, em especial os de pequeno porte, optam pela lona para sua comunicação visual externa. A lona é um material popular entre os lojistas muito por conta do menor investimento se comparada ao ACM. Além disso, as baixas restrições em relação à arte que será impressa ou adesivada é uma das principais vantagens da lona, já que o processo de impressão digital entrega com fidelidade as cores, elementos e imagens desejados.


O material também é durável, mas não tanto quanto o ACM, podendo chegar a uma vida útil de 1 a 2 anos em condições normais de conservação. Uma arte impressa está mais suscetível ao desgaste gerado pela ação dos raios solares e das chuvas. Até por isso, as lonas são mais utilizadas para comunicação de ambientes internos na forma de banners, painéis e backdrops.

Adesivos para fachadas externas

Os adesivos aplicados em fachadas externas também são bastante utilizados em estabelecimentos comerciais por sua versatilidade e belo acabamento. Normalmente os adesivos são aplicados sobre superfícies planas, como em painéis de ACM, placas de vidro e até em lonas. O tipo de adesivo a ser escolhido dependerá da arte escolhida para o projeto. Os mais comuns são:

Adesivos com impressão digital: Se a arte escolhida para a comunicação externa da fachada possui imagens e grafismos com muitos efeitos, detalhes e cores variadas, a melhor opção será utilizar um adesivo com impressão digital para obter exatamente o resultado buscado. Mas lembre-se! O processo de impressão digital exige manutenção rígida, uma vez que desgasta mais rápido em locais com alta exposição aos raios solares e outras variações climáticas. Sem aplicação de verniz especial ou laminações protetoras, os adesivos com impressão digital têm vida útil de aproximadamente 1 ano.

Adesivos em recorte: Em artes que não possuem tanta variação de tons e efeitos, compostas por cores sólidas, uma excelente opção é o adesivo vinílico em recorte, ou seja, o formato do seu logotipo, da sua tipografia, é recortado diretamente no adesivo já produzido na cor desejada (existem diversas opções de cores). A vantagem é que essa técnica dá mais durabilidade ao material, uma vez que exclui a necessidade da impressão digital. Os adesivos em recorte são mais resistentes às ações do tempo do que adesivos impressos, mas também precisam de atenção especial com manutenção e limpeza. Eles também sofrem com desgaste ao longo do tempo.

Letra Caixa

Quer dar requinte e deixar a comunicação externa da sua loja mais chamativa? A letra caixa ou letra bloco é muito utilizada nas fachadas dos estabelecimentos justamente com esse objetivo. São letras individuais que podem ser fixadas diretamente na parede ou através de suportes especiais, inclusive com a possibilidade de instalação de fontes de luz, dando ainda mais destaque às fachadas das lojas em qualquer hora do dia.


Se você busca durabilidade superior para o nome de sua marca, dos produtos oferecidos ou seus contatos, a letra caixa se sobressai aos adesivos, pinturas e impressão digital, uma vez que é produzida com materiais mais resistentes às intempéries e que necessitam de menos manutenção. A única “desvantagem” se comparada às alternativas citadas está no maior investimento. As letras bloco mais comuns no mercado são confeccionadas de:

  • Aço inox escovado ou polido
  • Aço galvanizado
  • Alumínio
  • Latão polido
  • Acrílico
  • PVC expandido

Pintura

Apesar de não parecer nenhuma novidade, as características da pintura também devem ser consideradas antes de iniciar o projeto da sua fachada. Considerando custo-benefício, a pintura é um item básico em quase todo projeto e está no topo da lista de escolhas dos lojistas pelo baixo investimento, tanto com material quanto com mão de obra, compensando a necessidade de manutenção regular por conta dos desgastes corriqueiros provenientes das intempéries. Se você quer a sua loja sempre bela e conservada, faça retoques na pintura sempre que ela estiver suja e com claros sinais de desgaste. Uma boa sugestão é optar por tintas acrílicas, pois possuem capacidade de impermeabilização, ideal para pinturas de ambientes externos.

Alguns pontos de atenção

Cores dos materiais: Na impressão digital, adesivo recorte e até no ACM, as cores escolhidas podem influenciar diretamente na durabilidade do material. Um exemplo são as cores com mais pigmentação magenta, como o vermelho, que “queimam” ao longo do tempo quando muito expostas aos raios solares, danificando a coloração original da arte (ex: o vermelho vai ficando rosa). Neste caso, a vida útil do material pode diminuir consideravelmente.

Lei Cidade Limpa: Independentemente do material utilizado, não se esqueça de conferir se a sua cidade possui algum tipo de lei restritiva antes de executar o seu projeto de fachada, evitando dores de cabeça futuras.

Auxílio de uma agência de arquitetura de varejo: Agora você já conhece alguns dos materiais para fachadas comerciais mais utilizados nos projetos de arquitetura de varejo. Entendeu como cada item tem suas particularidades e que a escolha depende do tipo de projeto que você pretende executar? Não existe escolha certa ou errada, apenas aquela que se adequa melhor ao seu momento. Os prós e contras devem ser colocados na balança para ajudá-lo a compreender qual o melhor custo-benefício para o seu negócio.

 

Fonte: Uptown

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.