Foto e Vídeo

Conteúdos em vídeo: 8 dicas para aperfeiçoar a criação

No universo da Internet, os conteúdos em vídeo valem mais que mil palavras. Essa frase não poderia ser mais verdadeira, já que o consumo e criação de vídeo se tornou uma das principais tendências do ecossistema digital, e pode ser comprovado pelo grande sucesso de plataformas como o TikTok e no buzz que os vídeos deram a outras redes como Instagram, Facebook ou Twitter.

Os dados atestam o poder deste formato. De acordo com o Relatório Digital Hootsuite 2021, o consumo digital da população está crescendo rapidamente. Plataformas como YouTube, TikTok ou Instagram estão entre as páginas mais consumidas pelos usuários.

Os meses de isolamento social e as mudanças econômicas, sociais e culturais fizeram com que o consumo de vídeos online quadruplicasse. Segundo o mesmo estudo, uma pessoa gasta em média 43 minutos por dia apenas assistindo a conteúdos em vídeos na internet.

Além disso, o conteúdo que mais cresceu neste último ano é o infantil, com um aumento de 57% em todo o mundo. Nesse sentido, as plataformas online oferecem inúmeras vantagens, pois são interativas, captam a atenção do usuário, transmitem emoções e geram histórias.

Impacto dos conteúdos em vídeo

No entanto, para entender o verdadeiro impacto dos vídeos, basta recorrer à plataforma líder neste formato.

O YouTube é, hoje, a principal referência para consumidores e criadores de vídeos e o segundo site mais visitado do mundo, segundo o Alexa Rankings, abaixo apenas do Google. Essa informação fala sobre grandes comunidades que convergem, convivem e são influenciadas pela incontável quantidade de conteúdos, temas e criadores; estes encontram no espaço uma forma de se expressar, se divertir e até mesmo fazer uma carreira lucrativa.

“O cenário da economia dos criadores muda diariamente. São novos nomes e novas plataformas que alimentam as comunidades com ideias autênticas e criativas. Portanto, como em qualquer outro mercado, é essencial saber se diferenciar da concorrência, criar lembrança de marca entre a audiência e investir em conteúdos de qualidade”, explica o country manager da Jellysmack no Brasil, Bruno Belardo.

Para atrair a atenção de um público que tem muitas opções para assistir, os vídeos precisam se destacar na multidão.

E a verdade é que, para conseguir isso, você não precisa de um estúdio enorme ou câmeras profissionais. A tecnologia móvel avançou muito devido à qualidade visual e auditiva dos smartphones, portanto, esse avanço na inovação reduziu alguns custos em materiais, permitindo um maior surgimento de criadores nos meios digitais.

Pensando nisso, a Jellysmack preparou uma lista de dicas úteis e estratégicas para elevar o nível de qualquer conteúdo em vídeo.

1. Tenha uma produção básica

Para iniciar, não é necessário nada muito sofisticado. Com uma ring light, um bom fundo, seu HD externo e um tripé, você pode começar sem problemas. O objetivo é criar um vídeo que seja de fácil visualização e compreensão. Não esqueça que o que mais comunica com o público é ser natural.

2. Seja original nos conteúdos em vídeo

A criação de conteúdo que não foi visto ou que tem algum diferencial gera uma expectativa maior no público. Algumas vezes isso é mais complicado, mas não impossível.

A melhor maneira de obter o conteúdo certo é observar o que sua concorrência e seu público-alvo estão fazendo.

3. Pesquise o que está causando impacto

Um vídeo que gere uma conversa no público é fundamental para o seu sucesso. Pesquise nas redes e investigue que tipo de conteúdo pode gerar uma tendência. O objetivo é ser lembrado, atrair e não deixar o top of mind da comunidade.

4. Organize suas postagens

Não importa o formato em questão ou a plataforma a partir da qual você cria o conteúdo. Existem muitas ferramentas de publicação disponíveis hoje em dia.

Agendar seu conteúdo é essencial para manter seu público engajado e garantir o sucesso a longo prazo. Além disso, há dias e horários em que um vídeo faz mais sucesso nas redes sociais. Revise-os e publique com base neles.

5. Audição perfeita

Voltando a um dos pontos já mencionados anteriormente, às vezes a qualidade do vídeo não é mais importante do que um áudio excelente.

Se você quiser que a mensagem chegue bem à comunidade, precisará de um bom microfone. Lembre-se de que as ideias são melhor transmitidas quando expressas em alto e bom som.

6. Cuide bem da duração dos conteúdos em vídeo

conteúdos em vídeo tempo

Está provado que no primeiro minuto é quando os usuários podem ficar presos ao que veem. A duração ideal é entre 30 segundos e 5 minutos, embora dependendo do seu formato, você possa dar mais tempo (por exemplo, um unboxing, um tutorial ou um podcast em vídeo podem ser mais longos).

7. Entenda seu público

Conhecer seu público significa conectar-se melhor com ele. Cada plataforma possui formas diferentes de interagir e consumir conteúdo, por isso é necessário escolher o melhor formato para cada rede, isso significa escolher o momento certo, e até mesmo a forma de contar sua história. O mesmo vídeo não se aplica a todas as redes sociais.

8. Posicione-se em todas as redes possíveis

O YouTube é, talvez, sua principal plataforma para criar, mas isso não significa que você tenha que deixar outras plataformas de lado. Pelo contrário, diversificar e alcançar mais pessoas não só irá expandir sua audiência, mas se estiver pensando em rentabilizar o conteúdo, será mais eficaz se você aparecer em mais redes sociais, ao invés de ficar preso a uma plataforma.

 

Fotos: iStock
Fonte: GS1 Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.