SEO

Backlinks: o que são, para que servem e por que são importantes para SEO

Se você produz conteúdo de qualidade, vai começar a receber links de outros sites, atestando que é referência no assunto


Backlinks são links de uma página da internet para outra página, funcionando como uma referência dentro de conteúdo, por exemplo. Em SEO, são importantes por conferirem autoridade, um dos fatores mais relevantes para os mecanismos de busca ranquearem um site no topo das páginas de resultados.


Não sei se você gosta ou não de futebol, mas eu sou um apaixonado por esse esporte. E para ajudar a entender backlinks, pensei em usar uma metáfora futebolística, que é a eterna polêmica: quem é melhor, Pelé ou Maradona?

Imagine que você esteja escrevendo um artigo discutindo esse assunto e, para enriquecer seu conteúdo e dar mais relevância, resolva incluir links e referências de sites e jornalistas especializados, ou mesmo de pesquisas feitas com torcedores.

Mesmo sem saber, você está fazendo backlinks! Linkagens e menções desse tipo, relacionadas ao assunto do texto, geram mais autoridade para o conteúdo junto aos leitores. Além disso, beneficiam o seu site junto aos mecanismos de busca, como o Google.

Mas, para colher esses frutos, alguns cuidados precisam ser tomados. Para saber mais, confira as próximas linhas, pois vou te explicar m detalhes o que são backlinks, para que servem e por que são tão importantes para seu SEO!

O que são backlinks?

Se buscarmos a definição de um dos sites de maior autoridade mundial sobre o tema, o Backlinko, a tradução seria algo como:

Backlinks são links vindos de um site para páginas de outro site. E para o Google e outros mecanismos de busca, backlinks são vistos como “votos” para uma página específica.

Expandindo essa definição, backlinks são menções, em forma de links, que um site faz para páginas de um outro domínio.

Em geral isso ocorre quando, dentro de determinado assunto, aquela referência se mostra importante para trazer mais autoridade para o conteúdo abordado, para enriquecer o tópico em questão ou mesmo para recomendar uma referência de valor para os leitores.

Qual a importância dos backlinks para o SEO

Sempre que alguém que você conhece te recomenda um profissional ou uma empresa como sendo uma boa opção, essa recomendação passa a ter muito mais relevância (ou autoridade) para você do que se você descobrisse esse mesmo profissional ou empresa por aí, sem nenhuma indicação, certo?

Com os backlinks funciona da mesma forma, só que no digital! Quando outros sites fazem backlinks para suas páginas e conteúdos, citando como referências confiáveis e de alto valor, isso faz muita diferença para seu SEO.

Por mais mudanças que os algoritmos dos mecanismos de busca tenham passado ao longo dos anos, se há algo que nunca mudou e continua sendo fundamental para o ranqueamento de um site é ele ser considerado relevante e uma autoridade em seu segmento.

Confira no gráfico abaixo um estudo feito pelo site Backlinko mostrando a relação direta entre uma maior quantidade de backlinks e um melhor ranqueamento nos resultados do Google.

Backlinks

Nesse gráfico é possível ver que, quanto mais backlinks (coluna vertical), melhor é a posição nos resultados de busca.

Mas, atenção: não se prenda ao mito do “quanto mais, melhor”. Já foi o tempo em que apenas ter uma grande quantidade de backlinks era suficiente para bombar o ranqueamento do seu site nos mecanismos de busca.

Com os algoritmos cada vez mais inteligentes e valorizando conteúdos que sejam úteis aos usuários, ter backlinks de fontes relevantes faz toda diferença.

Quais os tipos de backlinks?

Nem todo backlink é igual e, consequentemente, nem todos irão trazer para seu site os benefícios de SEO citados acima.

Existem backlinks de alta qualidade, que são valorizados pelos mecanismos de busca e que se refletem em melhor ranqueamento para seu site. Por outro lado, existem backlinks de baixa qualidade, que podem até mesmo prejudicar o desempenho do seu domínio.

Confira abaixo alguns tipos de backlinks:

1. Backlinks de fontes confiáveis e com autoridade

Se você descobrisse uma pinta estranha no braço e não soubesse o que é, quem seria uma fonte confiável para consultar: um estranho qualquer na rua ou um dermatologista? Quando falamos de backlinks é a mesma coisa!

Para gerar benefícios para seu site, é importante que os backlinks que você recebe sejam de fontes confiáveis e com autoridade. Isso também é conhecido como autoridade de domínio no SEO.

Inclusive, são as fontes que o Google mais valoriza e as que mais ajudam no ranqueamento do seu site. Além disso, essas fontes acabam indiretamente transferindo parte de sua autoridade para você.

E o contrário também é verdade: ter seus conteúdos associados a sites e conteúdos de baixo valor e reputação duvidosa pode gerar o efeito contrário.

2. Backlinks em textos-âncora

Um outro tipo de backlink que também agrega valor para seu site e pode melhorar seu ranqueamento são aqueles que usam os chamados textos-âncora, ou seja, textos clicáveis, que já indicam o assunto que o leitor encontrará.

Esse tipo de backlink é bastante valorizado pelo Google, e podem ser de diversos tipos:

  • Correspondência exata – Texto-âncora que traz a palavra-chave exata do assunto para o qual faz link;
  • Correspondência parcial – Traz a palavra-chave, mas dentro de uma frase, de forma mais natural;
  • Marca – Backlink que usa o nome da empresa para o qual faz linkagem;
  • Marca e palavra-chave – Como o nome sugere, textos clicáveis que usam tanto o nome da empresa quanto palavras-chaves relacionadas a ela.

Essas são somente alguns dos tipos. Essa dica vale, inclusive, para seus próprios links internos. Sempre que você fizer linkagem em seus próprios conteúdos, prefira textos-âncora que contenham as palavras-chave para as quais você deseja ranquear e que façam sentido para seu segmento.

Este estudo da Ahrefs mostrou que essa prática traz bem mais resultados em termos de valorização pelo Google.

3. Backlinks de sites relacionados ao seu segmento

Backlinks vindos de sites que tenham relação com sua área de atuação são outro tipo bastante útil para seu SEO. E não é difícil entender por quê!

Um dos fatores mais valorizados pelo Google é a relevância de um site e de conteúdos em geral. Se o algoritmo percebe que outros players do seu ramo fazem referências a seu site, isso é um forte indicativo de que você tem importância para seu segmento.

Ao valorizarem isso, os mecanismos de busca tentam combater a prática conhecida como “black hat”. Esse termo se refere ao uso indevido de links, em seu próprio site ou de conhecidos, que não tenham qualquer relevância para seu nicho, somente para ter mais palavras-chave ranqueando. Evite isso!

Como obter backlinks

Imagino que, com tudo o que vimos até aqui, você já deva estar bem mais familiarizado com o conceito de backlinks e toda a importância que eles têm para os resultados do seu site. Mas deve estar pensando: “tá, beleza, mas como eu faço para receber backlinks?”

Conheça algumas boas práticas para ter mais chance de ser citado por outros sites:

1. Tenha um Blog

Um tipo de conteúdo que está entre os mais frequentemente linkados são os artigos de blog.

Afinal, são textos que tratam sobre temas específicos, esclarecem dúvidas das pessoas e, por isso, têm grandes chances de receberem backlinks de outros sites que estejam tratando dos mesmos temas. São interessantes para enriquecer seu próprio conteúdo, recomendar leituras complementares e coisas assim.

2. Invista em conteúdos de valor

Uma premissa básica para ter seu conteúdo lembrado e linkado por outros sites é que ele seja de alto valor.

Pensa comigo: você faria referência dentro de seu próprio conteúdo a fontes ruins, mal escritas, que não trazem informações úteis e relevantes? Penso que não.

Então se você quer que seu site seja um alvo constante de backlinks, capriche na qualidade dos conteúdos que você oferece.

3. Tenha conteúdos “linkáveis”

Além de serem conteúdos de alto valor e com potencial de gerar interesse nas pessoas, o tipo de conteúdo que você disponibiliza também conta para receber mais backlinks.

Materiais como vídeos, pesquisas, infográficos, aplicações (uma calculadora online, por exemplo), tudo isso é conteúdo altamente “linkável” e tem muito mais chance de ser usado como alvo de backlinks.

4. Faça backlinks para sites relevantes para seu nicho

Sabe aquele ditado” diga-me com quem andas e eu direi quem tu és”? Aqui vale a mesma lógica!

Se você quer ser lembrado por sites relevantes e com autoridade em seu segmento ou área de atuação, é importante que você comece a fazer referências e backlinks para esses sites também.

Isso vai, aos poucos, colocando seu site num círculo virtuoso de bons conteúdos e “boas companhias digitais” e, cedo ou tarde, você pode passar a também ser lembrado de volta.

5. Invista em guest posts

Uma outra prática, muito recomendada e que pode ser uma ótima forma de ter seu domínio como destino de backlinks é investir nos chamados guest posts. Como o nome em inglês sugere, trata-se de uma marca ou pessoa que publica conteúdos em outros sites.

Quem você conhece que possui um site e te permitiria postar, por exemplo, um artigo em seu blog? Ou vice-versa? Mas aqui vai um alerta que eu já trouxe antes: no caso de backlinks, os mecanismos de busca só irão valorizar e promover guest posts entre sites que tenham relação de nicho.

Ou seja, se seu nicho é saúde, não vai adiantar muita coisa fazer guest posts num site sobre finanças. Além disso, avalie se o site ao qual for associar sua marca é benéfico ou não para seus objetivos. Sites ruins, de conteúdo duvidoso, podem até te prejudicar junto aos buscadores.

6. Não se esqueça dos links internos

Apesar de não ser backlinks, que são links externos, ou seja, de outros domínios, uma ação semelhante que também é positiva são os links internos.

Por mais que não tenham a mesma relevância de SEO, fazer linkagens dentro de seus conteúdos para outras páginas dentro do seu site pode ajudar de várias formas, como:

  • Enriquecer a experiência de leitura do seus usuários;
  • Incentivar o consumo de outros conteúdos de seu site;
  • Aumentar o tempo de permanência nas páginas.

Como o Google prefere conteúdos que tragam respostas melhores e mais completas aos usuários, ao enriquecer seus conteúdos com links internos (que façam sentido, por favor), seu site acaba ganhando tração e melhorando o ranqueamento.

Backlinks não são uma fórmula mágica

Espero que este conteúdo tenha sido útil para introduzir você em mais esse tema tão relevante para o SEO do seu site, e que isso gere frutos para sua estratégia. Por mais que não sejam receitas de bolo ou algo que você faça hoje para colher amanhã, os backlinks são algo muito positivo e que vale a pena o tempo investido.

 

Fonte: Resultados Digitais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.